Integração com a graduação

A integração do Programa de Pós-Graduação em Letras com a Graduação ocorre da seguinte maneira:

1. Atividade de professores da Pós-graduação na Graduação:
Os professores do Programa têm uma significativa atuação nas atividades de ensino, pesquisa e extensão na Graduação, o que permitiu uma circulação mais ampla e atualizada de informações bibliográficas e de novas abordagens, originando, com isso, uma troca entre os níveis acadêmicos. Todos os professores permanentes não-aposentados ofertaram semestralmente disciplinas de 60h (ou mais) na graduação; muitos ofertaram também cursos de extensão.

2. Projetos integrados de pesquisa e de Iniciação Científica:
Com o intuito de formar futuros pesquisadores, promovemos a integração dos graduandos aos projetos de pesquisa, dirigidos por professores do Programa, o que permitiu uma inserção mais eficaz das atividades de Iniciação Científica no âmbito de práticas e metodologias de investigação. Em 2008, 7 professores orientaram alunos de graduação no PIBIC/PIVIC; já em 2009, este número subiu para 11. Em 2010, 30 alunos de graduação participaram de projetos de pesquisa junto a docentes do PPGL, sendo que a maioria obteve bolsa do CNPq, da Fapes ou da própria Ufes para desenvolver seus subprojetos. Em 2011, cumprindo as recomendações de pareceristas da Capes, corroboradas pela equipe integrante da Comissão de Autoavaliação do Programa, 34 alunos participam de projetos de pesquisa sob a supervisão e orientação de docentes do PPGL. A partir de 2012, o número de estudantes de graduação e de orientadores vinculados ao PPGL/Ufes participando dos projetos de Iniciação Científica é crescente e sinaliza a consolidação desse processo de aproximação dos grupos e pesquisas vinculados à pós-graduação com a graduação, em Letras e em áreas afins.

3. Participação de graduandos nos eventos promovidos ou apoiados pelo PPGL:
O PPGL promove eventos acadêmico-científicos abertos a todos os alunos da Graduação, como atividades de extensão para o enriquecimento curricular dos mesmos. Dentre esses eventos, destacam-se a Semana de Pesquisa em Letras, organizada pelo Departamento de Línguas e Letras com apoio do PPGL; os Debate-Papos; as Aulas Inaugurais de semestre; as Jornadas de Estudos Clássicos; as Jornadas de Literatura e Educação; os Congressos de Estudos Literários; os Seminários sobre o Autor Capixaba; os Congressos Nacionais de Africanidades e Brasilidades; os Colóquios de Leitura, Literatura e Educação - todos esses eventos possibilitaram a salutar troca intelectual entre graduandos, especialistas, mestrandos e doutorandos (da nossa Pós-Graduação e das de outras universidades), franqueando a efetiva aproximação dos dois níveis de ensino. Com esses eventos buscamos articular a troca intelectual e o diálogo entre a Graduação e a Pós-Graduação, aproximando e estreitando o convívio entre esses dois níveis acadêmicos. Nos debates, os estudantes de graduação e pós-graduação apresentam seus trabalhos, assistem à apresentação de colegas e professores, todos podem tomar parte no diálogo: desse modo, os estudantes de graduação travam contato com as pesquisas coordenadas por docentes e novos projetos e processos de orientação se fazem.

4. Atuação do Professor de outra IES junto à Graduação:
O PPGL empreende um intenso intercâmbio com professores de outras IES, que atuam como participantes em Bancas Examinadoras de Dissertação e Tese, em congressos, simpósios, colóquios etc.

5. Cursos de curta duração abertos à pós-graduação e graduação:
O PPGL/Ufes, anualmente, a partir de 2011, tem consolidado a prática de cursos concentrados de "Tópicos Especiais", com 15, 30 ou 45 horas de duração, oferecidos por professores convidados, especializados na área/tema de pesquisa escolhido. Nesses cursos, estudantes de graduação e pós-graduação podem participar em igualdade de condições. Em média, o público tem sido de 5 a 15 alunos, dos quais aproximadamente 1/3 são estudantes de graduação.

6. Oferta de disciplinas optativas de graduação por estudantes em estágio de docência:
Regularmente, mestrandos e doutorandos bolsistas, sob supervisão de seu orientador, ofertam disciplinas optativas para os cursos de graduação em Arte, Ciências Sociais, Comunicação Social, Filosofia, História, Letras, Música, Pedagogia ou Psicologia, nas áreas e temas correlacionadas a seu projeto de pesquisa em desenvolvimento junto à pós-graduação.

Estágio de docência:

Em 2011, a Coordenação do PPGL buscou repensar, junto ao Colegiado do Programa, o programa de Estágio de Docência, de forma a oferecer aos alunos estagiários mais oportunidades de experiência na docência no ensino superior, e aos alunos de graduação a oportunidade de cursar disciplinas optativas ou eletivas que não são oferecidas com regularidade pelo corpo docente do Departamento. Para isso, foi criado um novo documento de Normas para Realização do Estágio de Docência, e este foi aberto também aos mestrandos que desejam cumpri-lo, ainda que isso não seja obrigatório. Implementou-se também uma nova avaliação do desempenho do estagiário docente, de forma a termos, estagiários e Programa, um melhor feedback da experiência. Com quase uma década de experiência, o programa de Estágio em Docência do PPGL já pode ser avaliado como muito exitoso, tanto para os estudantes de graduação, quanto os de pós-graduação, bem como para os professores permanentes que aderem a esta prática de interlocução com docentes do ensino superior em formação.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910