Organização de professores por linha de pesquisa

O PPGL da Ufes tem por finalidade a formação de pessoal qualificado para o exercício de atividades profissionais de ensino e pesquisa em Letras, visando ao avanço do conhecimento nessa área. Tem como área de concentração os Estudos Literários e organiza-se a partir das seguintes linhas de pesquisa: Literatura: Alteridade e Sociedade (LAS) e Poéticas da Antiguidade à Contemporaneidade (PAC).

 

LITERATURA: ALTERIDADE E SOCIEDADE (LAS): Estudo e pesquisa das relações entre literatura e sociedade sob o prisma da alteridade, pelo agenciamento de textos e sistemas literários em correlação com discursos e práticas culturais, artísticas, científicas e filosóficas historicamente situadas. Os trabalhos desenvolvidos na linha dedicam-se à produção de e sobre grupos minoritários; às indagações contra-hegemônicas a correntes e tradições em circulação no campo literário; às tensões entre regional, nacional e transnacional; às questões e relações de classe social, de gênero, de etariedade, de geração e étnico-raciais; e, enfim, às múltiplas formas de produção, publicação, circulação, recepção e apropriação da literatura na dinâmica histórico-social.

 

Adelia Miglievich Ribeiro: Interface entre as Ciências Sociais, a História e a Literatura ensaística, com ênfase ao pensamento social latino-americano. Narrativas pós-coloniais (e decoloniais) que atentam para as vozes secularmente silenciadas. Biografias intelectuais articulando-as à memória política. Destaca-se sua produção a partir de Darcy Ribeiro.

 

Arlene Batista da Silva: Literatura em Língua Brasileira de Sinais. Formação de Tradutores, Intérpretes e Professores de Literatura em Libras. Performance e Literatura. Relações entre literatura e educação. O leitor e a leitura literária.

 

Jorge Luiz do Nascimento: Literaturas hispânicas e brasileira; poéticas contemporâneas e expressões da alteridade, abarcando temas como: relações entre literatura e audiovisual, literatura e urbanidade, "literatura marginal", funk, RAP.

 

Jurema José de Oliveira: Teoria da Literatura e Literaturas de Língua Portuguesa. Literaturas Brasileira, Portuguesa e Africana de Língua Portuguesa.

 

Luis Eustáquio Soares: Relação indiscernível entre literatura e democracia, ethos barroco, excluídos coletivos. Modernismo e pós-modernismo literários, especialmente o brasileiro e o latino-americano.

 

Luís Fernando Beneduzi: História e Literatura, Identidades (étnica, regional e nacional) no contexto latino-americano e italiano, Dinâmicas migratórias (histórica e contemporânea). Análise social da literatura de viagem, pelo estudo das conexões entre literatura, sociedade e sensibilidade.

 

Maria Amélia Dalvi: Educação literária. Memórias literárias da escolarização. Relações entre livros, leitores, leitura e literatura em abordagens sócio-históricas e histórico-culturais. Literatura juvenil. Sistemas literários e vida literária do/no Espírito Santo.

 

Rafaela Scardino Lima Pizzol: Literatura contemporânea e teorias do comum. Relações entre ficção, deslocamento, experiência e alteridade no continente americano. Literatura e políticas de responsabilidade, resistência e transformação.

 

Renata Junqueira: Literatura Infantil. Literatura infantil e ensino. Poesia infantil. Leitura literária na infância e Interpretação de textos no processo de formação de professores com enfâse nas Estratégias de compreensão leitora.

 

Sérgio da Fonseca Amaral: Literatura brasileira. A vida ficcional das coisas (estudo de coisas e objetos – em suas materialidades – na literatura). Narrativas sociais e práticas ficcionais (estudo de fatos e dinâmicas sociais brasileiros – registrados pela historiografia como revoltosos, sob qualquer rubrica – que tenham sido apropriados pelo discurso literário.

 

Wilberth Salgueiro: Poesia brasileira, literatura de testemunho, violência, humor, Theodor Adorno, Machado de Assis, Guimarães Rosa e Reinaldo Santos Neves.

 

 

POÉTICAS DA ANTIGUIDADE À CONTEMPORANEIDADE (PAC): Estudo e pesquisa de poéticas da Antiguidade à Contemporaneidade em textos narrativos, líricos, dramáticos e híbridos, considerando-se os processos de constituição da subjetividade, a autorreferencialidade literária e as inter-relações entre diferentes perspectivas ontológicas e epistemológicas na constituição de saberes concernentes ao literário. Os trabalhos desenvolvidos na linha dedicam-se aos processos criativos e críticos de leitura e escrita/escritura, criação e tradução e aos diálogos entre literaturas e outras artes, visando a conhecer diferentes poéticas ao longo do tempo, indagando-as a partir dos textos literários e dos discursos e práticas que ensejam.

 

Ana Penha Gabrecht: Relações entre História e Literatura com ênfase na Antiguidade Clássica. História e Literatura da Grécia antiga. Épica antiga. Literatura e Arqueologia.

 

Ester Abreu Vieira de Oliveira: Teatro contemporâneo. Poesia, teatro e narrativa das literaturas hispânicas e Literatura Brasileira.

 

Fabíola Simão Padilha Trefzger: Literatura brasileira contemporânea, modalidades de escritas de si praticadas hoje (biografias, autobiografias, cartas, memórias, diários etc.), narrativas autoficcionais, em perspectiva interdisciplinar, para a qual concorrem contribuições da Filosofia e da História, na interface com a Literatura.

 

Leni Ribeiro Leite: Estudos Clássicos, Letras e História, com especial foco no período imperial romano. Sistemas de produção e circulação do texto literário, principalmente o poético, na Roma Imperial e a recepção desses textos em períodos posteriores. Ensino de latim e sua história, no Brasil e em outras partes do mundo.

 

Maria da Luz Pinheiro: Literatura brasileira contemporânea; processos de criação; crítica genética; relações entre História e Literatura.

 

Maria Mirtis Caser: Literatura hispânica, narrativa produzida por mulheres, com enfoque nas questões de gênero, erotismo e na tradução do espanhol ao português (teoria e prática).

 

Paula Regina Siega: literatura e outras artes/saberes; literatura comparada; estética da recepção; literatura italiana; literatura brasileira; indianismo; antropofagia como tema literário.

 

Paulo Dutra: Literatura comparada. Literatura do “Siglo de Oro” espanhol. Literatura hispano-americana. Diálogos transatlânticos e interfaces sócio-históricas entre literatura e cultura. 

 

Paulo Roberto Sodré: Lírica galego-portuguesa, estudo interdisciplinar das cantigas profanas e religiosas produzidas no século XIII na Península Ibérica; genologia medieval (estudo dos gêneros literários galego-portugueses, em especial as canções de mulher), sátira medieval (estudo interdisciplinar das cantigas de escárnio e maldizer e das tenções produzidas no século XIII na Península Ibérica) e sua permanência na sátira moderna.

 

Raimundo Nonato Barbosa de Carvalho: Teorias e processos de tradução poética e problemas de versificação aplicados à prática de tradução da poesia.

 

Viviana Mónica Vermes: Música e suas relações com a Literatura e com a História. Música brasileira (erudita e popular) da segunda metade do século XIX a meados do século XX.”

Transparência Pública
Acesso à informação
Reuni

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910